sexta-feira, 10 de maio de 2013

FABRICIANO - Mãe de vítima perdoa assassino durante reconstituição de crime


FABRICIANO - Aconteceu na manhã desta quinta-feira (9), na Avenida Brasília, por volta das 9h30, no bairro Amaro Lanari em Coronel Fabriciano a reconstituição do homicídio de Iago Henrique de Lima Ramos, 19 anos, ocorrido em 11 de outubro de 2012, às margens do rio Piracicaba.

O suspeito do homicídio, Deiverson Gonçalves Dias, de 20 anos, confessou dias antes a autoria do fato, em entrevista ao PLOX - Clique para assistir . Ele contou que matou Iago com um tiro na cabeça.

Estiveram na reconstituição várias autoridades policiais. O preso foi levado ao local escoltado pelos agentes penitenciários, comandados pelo diretor da cadeia pública de Fabriciano, Edmar Soares.

O delegado de Polícia Civil de Coronel Fabriciano, Jorge Caldeira, que assumiu há duas semanas o Departamento de Homicídios da cidade, nos disse que todos os crimes não elucidados terão uma resposta no que depender de seus esforços e de sua equipe.


Além dos policiais, imprensa de vários veículos e populares estiveram no local para acompanhar a reconstituição, que durou pouco mais de uma hora.


Mãe perdoa assassino de seu filho


O que chama a atenção neste fato é o comparecimento da mãe da vítima, Cláudia Suelly de Lima Ramos. Em entrevista para nossa reportagem momentos antes da chegada dos envolvidos, ela nos disse que o motivo de sua presença no local seria somente para conceder o perdão ao assassino confesso de seu filho.

Cláudia acompanhou toda a reconstituição e ao final dos trabalhos policiais teve autorização do delegado e se aproximou do suspeito e lhe disse: “Eu lhe perdoo em nome de Jesus”, afirmou a mãe da vítima.

O assassino confesso chorou ao ser abraçado pela tia

Clique para ver a confissão do assassino

Em entrevista, o delegado Jorge Caldeira revelou que Deiverson executou Iago obedecendo ao comando de Reginaldo da Silva Souza, conhecido como ‘”Naldo”. Este por sua vez, encontra-se detido na cadeia de Fabriciano, suspeito de ser o mandante do homicídio de Guilherme de Moura Rocha , 19 anos, em 8 de dezembro de 2012. O crime aconteceu na Avenida Brasília, dentro de um estabelecimento comercial denominado Empório do Churrasco, no bairro Amaro Lanari.

Para a Polícia Civil, não existem mais dúvidas sobre a autoria do crime que vitimou Iago. Deiverson permanecerá preso na cadeia de Fabriciano onde aguardará pelo seu julgamento.

plox

0 comentários:

Postar um comentário